Loading...
Notícias

Viagem a Munique

Os alunos do 9.º C do nosso agrupamento e os alunos do 12.º ano do Agrupamento de Escolas Emídio Navarro viveram uma experiência única, acompanhados por cinco professores e guiados pelo professor Ricardo Presumido, vice-presidente da Memoshoá, Associação Memória e Ensino do Holocausto.

A experiência durou 4 dias (3 a 6 de novembro) e, durante esses dias, aprendeu-se bastante sobre a ascensão do nazismo na Alemanha, principalmente na cidade de Munique, a capital do Estado da Baviera.

No primeiro dia, teve-se o primeiro contacto com a cidade e percebeu-se, de imediato, a riqueza cultural da mesma. A Marienplatz, a praça principal da cidade, foi ponto de passagem e de encontro nestes dias. No segundo dia, visitaram-se museus como o Museu Histórico da Cidade e o Centro de Documentação da História do Nacional-Socialismo. Visitou-se a Universidade de Munique e relembrou-se o Movimento da Rosa Branca. ​​Shophie School, como se vê no filme, atirou panfletos antinazis, do terceiro andar. Depois dessa ação foi presa de imediato. Existe, atualmente, na universidade, uma exposição com vários materiais, nomeadamente, a máquina onde foram escritos os panfletos, para homenagear Sophie School, o seu irmão e os outros participantes do movimento Rosa Branca.

No terceiro dia, visitou-se o primeiro campo de concentração nazi, o campo de Dachau, construído em 1933, numa antiga fábrica de munições, No portão, pode-se ler, “O trabalho liberta”. No campo existe um museu que mantém viva a memória das vítimas do holocausto. Depois da hora de almoço admirou-se a aldeia olímpica de 1972. Estes jogos ficaram marcados pela ação terrorista de um grupo palestiniano contra a delegação de atletas de Israel. Tal ação começou com um plano de sequestro e terminou na morte de onze atletas judeus.

No último dia foi-se ao Palácio Real de Munique e desfrutou-se da cidade e dos seus parques de forma mais livre e descontraída.

Durante estes maravilhosos dias aprendeu-se de uma maneira única, diferente e divertida sobre o nazismo e a segunda guerra mundial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.