Loading...
Notícias

Anselmo de Andrade, uma Escola Inclusiva

O nosso Agrupamento tem feito uma aposta forte na Inclusão criando condições de acesso ao currículo, às aprendizagens e a uma vida ativa a todos os seus alunos de forma inclusa.

Este esforço só tem sido possível graças às parcerias estabelecidas onde se destaca a Fundação Altice que através das suas soluções tecnológicas e know-how tornou possível a ultrapassagem de barreiras até aí, intransponíveis.

É através das Tecnologias de Apoio à Comunicação que a Maria, aluna do 5.º ano, consegue comunicar e realizar todo o trabalho escolar.

Esta estudante, com um elevado grau de incapacidade motora, que a impede de falar e de se mover autonomamente, foi apoiada pela Fundação Altice que lhe cedeu um conjunto de tecnologias destinadas a possibilitar a sua comunicação e aprendizagem.

Assim, através do PC Eye mini e do Grid3, instalados no seu Tablet, a Maria consegue agora, através do olhar, aceder a todas as funções e comandos do computador. Isto permite, por exemplo, a comunicação por texto e por símbolos, o que facilita a aprendizagem das matérias que são dadas em aula.

Além disso, a Maria, é ainda acompanhada na Unidade de Técnicas Aumentativas e Alternativa de Comunicação do Centro de Reabilitação de Paralisia Cerebral Calouste Gulbenkian, em Lisboa, onde é ajudada a melhor operacionalizar estes equipamentos.

Esta é uma evidência que as tecnologias da informação e comunicação são muito importantes para melhorar a aprendizagem, principalmente dos alunos com deficiência. No entanto, vão muito mais além da vertente escolar, já que beneficiam igualmente todos os aspetos da vida dos alunos, contribuindo para a sua inclusão, autonomia e autoestima.

Terminamos agradecendo à Fundação Altice o apoio prestado e apresentando o seu portefólio de soluções tecnológicas de acessibilidade à comunicação.

 

Almada, junho de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.