Loading...
Notícias

“Imagine lançar ao mar um pequeno barco não tripulado e segui-lo enquanto atravessa o oceano ao sabor do vento e das marés.”

                                   

Esta é a premissa do projeto educativo “Leva Portugal ao Mundo” que está a ser implementado na Anselmo de Andrade, coordenado pela Direção-Geral de Política do Mar em parceria com o Instituto Superior Técnico (centro de investigação ISR-Lisboa) e apoio internacional da NOAA e da iniciativa norte-americana “Educational Passages”. É a mensagem na garrafa, versão século XXI. Neste caso, as mensagens irão a bordo de pequenos barcos, com metro e meio de comprimento, lançados no oceano completamente à sorte dos ventos e das correntes. Cada veleiro dispõe de um equipamento GPS e um transmissor por satélite ligado a um sistema da agência americana NOAA.

No passado dia 13 de novembro, três mini-veleiros trabalhados por alunos portugueses, espanhóis, escoceses e americanos foram lançados no Atlântico às 10horas, ao largo do Funchal. Assistimos, em direto, nas escolas do Agrupamento, ao início da Regata Atlântica. Entre eles estava o NADA, o barquinho da Anselmo de Andrade.

“Leva Portugal ao Mundo” é um projeto educativo inspirado na iniciativa norte-americana “Educational Passages”, onde os alunos trabalham, lançam e monitorizam pequenos barcos. Aprendem sobre os ventos e as correntes oceânicas e, quando os veleiros chegam a novo destino, possibilita-se a interação entre jovens de diferentes culturas, em autênticas aulas transatlânticas.

O dia 13 de novembro marca a primeira vez que é feito um lançamento simultâneo de três barquinhos associados ao Educational Passages, no que representa uma verdadeira regata internacional e transoceânica. O WEST, o NADA e o Crimson Voyager são os mini-veleiros envolvidos e todos eles têm já muitas histórias para contar:

Escolhemos o nome do barco (um NADA que pode ser tudo, segundo Fernando Pessoa, mas que também reflete o nosso desejo que o barquinho chegue a bom porto), preparámos os projetos artísticos, com temas alusivos a Portugal e Almada, após aturada pesquisa cultural, histórica e geográfica. Imaginámos um logo para o projeto. Preparámos mensagens em diversas línguas e, com a ajuda do Clube Náutico de Almada, construímos e decorámos o barquinho. O nosso mini-veleiro NADA foi lançado simbolicamente no Tejo no dia 8 de novembro de 2016. Alunos e professores tiveram a oportunidade de embarcar na Caravela Vera Cruz a partir do Clube Náutico de Almada e largar o barquinho no Rio Tejo, no que foi ao mesmo tempo um lançamento simbólico e um teste à navegabilidade do NADA. Passado o teste, foi lançado a partir da Madeira em janeiro de 2017. Ficou no Atlântico apenas um mês, dando à costa na praia de Esposende. Depois de reparado novamente com a ajuda do Clube Náutico de Almada, ficou a aguardar a possibilidade de voltar ao mar. O que aconteceu a 13 de novembro. Iremos segui-lo com a ajuda das recentes tecnologias e esperar que chegue a outro país, a outra escola.

O NADA pode ser seguido no site: https://www.nefsc.noaa.gov/drifter/drift_madeira_2017_1.html

Saiba mais sobre o projeto “Leva Portugal ao Mundo” em https://www.dgpm.mm.gov.pt/leva-portugal-ao-mundo

A coordenadora do projeto na escola, Élia Martins

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *